Fabrício Carpinejar

Caracterizado por Luis Fernando Verissimo como “usina de lirismo” ou dono de uma influente imaginação destacada por Millôr (“Vai, lê ele, devagar, decifra-o e ele te devora”), Fabrício Carpinejar chama atenção pela contundência e originalidade de suas opiniões.

Nasceu em 1972, na cidade de Caxias do Sul (RS), radicado em Porto Alegre (RS), publicou quarenta livros entre poesia, crônicas, infanto-juvenis e reportagem, detentor de mais de 20 prêmios literários 250 mil exemplares vendidos. Atua como comentarista do programa Encontro com Fátima Bernardes da Rede Globo e colunista dos jornais Zero Hora e Globo. Durante dez anos, de 2001 a 2011, trabalhou na Unisinos, onde foi professor e coordenador de curso e idealizou as graduações de Formação de Produtores e Agentes Literários e Formação de Produtores e Músicos de Rock.

Foi escolhido pela revista Época como uma das 27 personalidades mais influentes na internet. Seus guardanapos digitais são uma febre entre os internautas e as suas postagens ultrapassam mais de um milhão de leitores. Coaching do amor ou mago das palavras, é uma das figuras mais solicitadas por empresas no país para falar sobre criatividade em ambientes de crise e adversidade. Já participou como palestrante de todas grandes feiras e festivais literários do país, como Jornada Literária de Passo Fundo e Festival Internacional de Paraty (RJ).

Com reconhecimento em diferentes áreas, da adulta a infantil, o livro “Um terno de pássaros ao sul” (2000, 3ª edição, Bertrand Brasil) é objeto de referência no Britannica Book  of  the  Year  de  2001,  da  Enciclopédia Britânica,  o  juvenil  Diário  de  um  apaixonado:  sintomas  de  um  bem incurável  (Mercuryo  Jovem,  2008)  foi  adotado  pelo Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE), a Menina Superdotada recebeu indicação para o acervo permanente da FNLIJ; e  Filhote de cruz-credo (Girafinha, 2ª edição, 2006), prêmio de melhor livro infantojuvenil da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) em 2012, inspirou duas peças de teatro, adaptadas por Bob Bahlis (POA) e Eduardo Katz (RJ).

Atualmente está em cartaz no Rio de Janeiro a peça “O Amor Perdoa Tudo, inclusive o casamento”, escrita pelo autor em parceria com Claúdia Tajes e dirigida por Ary Coslov.

O escritor integra coletâneas no México, Colômbia, Índia, Estados Unidos, Itália, Austrália e Espanha. Em Portugal, a Quasi editou sua antologia Caixa de sapatos (2005) e a Quatro Estações fez a sua versão do livro “Ajude-Me a Chorar”. Na Espanha, a SM lançou “¡La jirafa es mía!” (Edições SM), tradução de Patrycja Katarzyna Jurkowska e ilustrações de Miguel Tanco.
Já foi patrono das feiras dos livros de São Leopoldo (2001 e 2010), Barra de Ribeiro (2002), Esteio (2006), Taquara (2006), Cachoeirinha (2007), São Sebastião do Caí (2007), Lajeado (2007), Niterói/Canoas (2007), Santa Clara do Sul (2008), São Sepé (2008), Garibaldi (2008), Viamão (2009), Torres (2009), Gramado (2010), Carlos Barbosa (2010), Sertãozinho/SP (2010), Três Cachoeiras (2010), Lagoa Vermelha (2011), Venâncio Aires (2011), Camaquã (2011), Arroio do Sal (2012), Candelária (2012), Tapejara (2012), Pinhal (2012), Cachoeira do Sul (2012), Canoas (2012), Arambaré (2012), Vacaria (2013), Bom Princípio (2013) e Gravataí (2015). Indicado a patrono nas edições de 2004, 2005, 2006, 2007, 2012 e 2013 da Feira do Livro de Porto Alegre (RS).

COMO TRANSFORMAR DIFICULDADES EM VANTAGENS

– uma gestão poética de pessoas –

Ao iniciar um novo ano de trabalho as empresas passam por um período de renovação. Os colaboradores buscam resoluções pessoais, mudanças de foco e no seu estilo de vida. Pelo lado das empresas, dentre as questões importantes deste período, surge a necessidade de motivar esses colaboradores.

O que um escritor como o Fabrício Carpinejar poderia dizer sobre assuntos como desempenho, estratégias de negócios, produtividade e relacionamentos profissionais?

A literatura propõe situações diversas que podem ser trazidas a este ambiente, a invenção sempre será uma arma para resolver problemas diversos do cotidiano, assim como o humor pode ser a chave para a construção das soluções profissionais.

Com este enfoque, o escritor Fabrício Carpinejar construiu um formato inédito de palestras para equipes de empresas que desejam dar um outro olhar ao seu universo coorporativo, com estratégias de criatividade, persuasão, confiança e senso de humor.

Porque a vida profissional precisa, sim, ser intensamente confrontada com ideias diferentes, que, trazidas para a sua realidade, podem render soluções inusitadas.

Porto Alegre / RS

+55 (51) 3093 0300

 

R. Ten. Cel. Fabrício Pilar, 740 cj 203 - Mont'Serrat

 

+55 (51) 9 9655 8371

 

Barueri / SP

+55 (11) 4196 3617

 

Alameda Araguaia, 993 - 8º andar - Alphaville

 

+55 (11) 9 9373 3523

 

Porto Alegre / RS

+55 (51) 3093 0300

 

R. Ten. Cel. Fabrício Pilar, 740 cj 203 - Mont'Serrat

 

+55 (51) 9 9655 8371

 

Barueri / SP

+55 (11) 4196 3617

 

Alameda Araguaia, 993 - 8º andar - Alphaville

 

+55 (11) 9 9373 3523